Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

O que esperar da primeira e única sexta-feira 13 do ano? Veja o que diz numerólogo!

A primeira e única sexta-feira 13 do ano chegou! Por ser conhecida como o “dia do azar”, a data causa apreensão e muitas dúvidas. Mas afinal, o que o dia promete?

Contrariando as superstições, a sexta-feira promete ser de muitos desejos e idealismos, segundo as previsões do numerólogo Reinaldo Garcia.

Em entrevista ao jornal online Folha Vitória, ele explicou que o número 13 não possui nenhum significado especial na numerologia, pois qualquer número acima de 9, é reduzido a um único dígito. Sendo assim, o 13 resulta em 4, que é o número da segurança, da estabilidade e da superação.

Reinaldo destaca ainda que a data 13/05/2022 é um dia universal 6 (1+3+0+5+2+0+2+2=15 = 1+5=6), em um ano universal 6.

“Isso significa que o dia será do idealismo e dos desejos. Diante disso, é necessário que as pessoas assumam suas responsabilidades, deem atenção às obrigações afetivas, mas também tenha uma atitude mais protecionista com o lado financeiro”, explicou Reinaldo.

O numerólogo ressalta também que o dia pode ser um daqueles em que você será obrigado a tomar grandes decisões. Além disso, algumas barreiras deverão ser superadas e ultrapassadas.

“É importante que saiba estabelecer suas prioridades. No hinduísmo, o número 6 é regido por Shukra, nome em Sânscrito de Vênus, um dos Navagrahas. Simboliza a riqueza, esplendor e conhecimento espiritual. Portanto, é considerado sagrado e auspicioso. Além disso, representa também o glamour e fama”, afirmou.

Segundo ele, muitos acreditam verdadeiramente que o número 13 e, principalmente a sexta-feira, podem trazer azar, mas fora as histórias e crenças, não há nenhuma explicação lógica que prove isso.

Superstições à parte, segundo Garcia, os nativos do dia 13, têm uma tendência a serem mais meticulosos, autoritários, sistemáticos, práticos, econômicos e persistentes.

Por que sexta-feira 13 é considerado um dia ruim?

O número 13 é um dos números mais temidos e a sexta-feira 13 não poderia ser uma exceção. A numerologia 13 tem referências ao azar desde o Catolicismo, Judaísmo e também em momentos da Idade Média. Segundo o numerólogo, o 13 não tem nenhuma referência com má sorte, mas sim com questões místicas.

“A numeração treze possui uma questão mística. Ele é um número acima do doze, que é considerado a perfeição e fim de algumas contagens. Um exemplo disso, são os signos dos zodíacos que são apenas 12”, explica.

Além disso, diversas histórias contadas por gerações fizeram com que as pessoas desenvolvessem superstições.

“Na última ceia que aconteceu, Jesus teria se reunido com seus discípulos, totalizando 13 pessoas na refeição. Entre eles, estava Judas, o traidor. Jesus morreu no dia seguinte, uma sexta-feira”.

Na mitologia também há contos que favorecem essas histórias. O deus Odin teria realizado um banquete com outras doze pessoas. Loki, que era o deus da discórdia e do fogo, não foi convidado para a reunião.

“Ao ficar sabendo, armou uma confusão que terminou na morte de um dos convidados. Nisso, também surgiu a superstição que um encontro com 13 pessoas sempre termina em tragédia”.

A deusa da fertilidade Frigga, esposa de Odin, também tem relação com as superstições da sexta-feira 13.

Para forçar a conversão dos bárbaros, segundo o numerólogo, a Igreja Católica teria “demonizado” Frigga. Segundo a lenda, ela, o demônio, e outras onze bruxas, saíam toda sexta-feira para assombrar a humanidade.

Curiosidade

Além de uma sexta-feira (13), de idealismo e desejos, comemora-se a abolição da escravatura no Brasil, determinada pela Lei Áurea, em 1888. Pelo fato desta data se referir a um marco histórico, o dia 13 de maio não é feriado nacional, nem ponto facultativo.

Deixe seu comentário: