Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Com Guarapari, Colatina e outros 6 municípios em risco alto, novo Mapa de Risco entra em vigor nesta segunda-feira - Rádio Tropical 103,7 FM

Fale conosco via Whatsapp: +55 27 995251037

No comando: Funk Das Antigas

Das 19:00 às 20:00

No comando: Sucesso dos Bairros

Das às

No comando: Tropical Jovem Mix 1º Edit

Das às

No comando: Maratona Tropical

Das 07:00 às 08:00

No comando: Sábado Milionário

Das 07:00 às 12:00

No comando: Show da Manhã Tropical

Das 08:00 às 10:00

No comando: Maratona Tropical

Das 10:00 às 12:00

No comando: As Mais Pedidas

Das 16:00 às 17:00

No comando: Tropical Jovem Mix 2º Edit

Das 17:00 às 19:00

No comando: Galera Tropical

Das 20:00 às 21:00

No comando: A Voz do Brasil

Das 21:00 às 22:00

No comando: Recordações Tropical

Das 22:00 às 00:00

Com Guarapari, Colatina e outros 6 municípios em risco alto, novo Mapa de Risco entra em vigor nesta segunda-feira

O 38º Mapa de Risco Covid-19 terá vigência entre esta segunda (04) e o domingo (10)

Nesta segunda-feira (4), entra em vigor no Espírito Santo o 38º Mapa de Risco Covid-19. Dos 78 municípios capixabas, 16 estão classificados em Risco Baixo, 54  em Risco Moderado e oito municípios estão classificados como Risco Alto.

Um deles é Colatina, principal polo econômico da região noroeste, que passará a ter algumas restrições no funcionamento de suas atividades econômicas e sociais. As outras cidades que estarão no risco alto na primeira semana do ano são: Alfredo Chaves, Governador Lindenberg, Guarapari, Linhares, Marilândia, São Mateus e Venda Nova do Imigrante.

Com relação ao risco moderado, houve um aumento na quantidade de municípios: o número passou de 51 para 54. Consequentemente, cai o número de cidades no risco baixo, de 19 para 16. O 38º Mapa de Risco Covid-19 terá vigência entre a próxima segunda-feira (04) e o domingo (10).

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

RISCO ALTO: Alfredo Chaves, Colatina, Governador Lindemberg, Guarapari, Linhares, Marilândia, São Mateus e Venda Nova do Imigrante.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Anchieta, Anchieta, Aracruz, Atílio Vivacqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Guaçuí, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Nova Venécia, Pancas, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Rio Bananal, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

RISCO BAIXO: Alegre, Alto Rio Novo, Apiacá, Boa Esperança, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Fundão, Itapemirim, Muqui, Pedro Canário, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá e Vila Pavão.

Fonte: Folha Vitória.

Deixe seu comentário: